Resenha (filme): A Girl Like Her

Oi galera, tudo bem com vocês?? Nessa semana, eu estava procurando um filme pra assistir na Netflix até que me deparei com "A Girl Like Her". A sinopse parecia ser um daqueles filmes americanos sobre uma menina que fazia bullying com a outra e a que sofria o ato se vingava e se tornava a nova popular, mas não, não é nada disso do que eu pensei.

Jessica Burns (Lexi Ainsworth) de 16 anos, tem um segredo que tem medo de compartilhar qualquer pessoa – exceto seu melhor amigo, Brian Slater (Jimmy Bennett). No ano passado ela foi vítima de assédio de outra menina – seu ex-amiga , Avery Keller (Hunter King), uma das alunas mais populares e belas do segundo grau da escola South Brookdale. O que você pode fazer quando o mundo vê a imagem de uma pessoa, mas não a realidade? Com a ajuda de Brian e uma câmera digital escondida, a evidência de assédio implacável de Avery é capturada e, finalmente, expostas ao trazer as duas meninas e suas famílias frente a frente com a verdade. O filme é um documentário-drama sobre bullying, vingança e superação.
 Pra começar a falar do filme, nada melhor do que começar falando dos personagens, né? Bem, Jessica Burns é uma menina com uma vida normal até que tudo começa a ir por água abaixo quando sua ex-melhor amiga Avery Keller, a menina mais bonita da escola, começa a assediá-la na escola. Junto com seu amigo Brian, que também sofre bullying de Avery e suas amigas, eles filmam todas as atrocidades que Jessica passa durante seis meses. Certo dia, a paciência de Jessica chega em seu ápice e ela comete uma tentativa de suicídio.

O filme já começa com essa tentativa de Jessica e podemos notar como isso atinge todas as pessoas envolta dela. Seus pais, seu amigo Brian, as pessoas com quem ela convivia etc. O interessante do filme é que ele mostra o depoimento de várias pessoas envolta de Jessica, e na maioria das vezes, as pessoas citavam o nome de Avery como a agressora da garota. O que me deixava angustiada nessas partes é que todo mundo sabia o que Avery fazia com Jessica, mas ninguém falava nada.



Eu acho que todas as pessoas deviam assistir A Girl Like Her, porque retrata uma realidade que acontece no mundo inteiro. E retrata de uma maneira pesada, que infelizmente acontece ao nosso redor e as pessoas não envolvidas fingem que nada está acontecendo. Não é aquele típico filme em que a garota sofria bullying, aí ela fica popular, fica com o cara mais bonito da escola, e depois tudo acaba em uma espécie de "final feliz".

A Girl Like Her não fará você dar boas gargalhadas, não fará você torcer pelo casal e eles ficarem juntos no final, não fará você se sentir feliz, fará você chorar, chorar e chorar. Todo mundo já viu uma pessoa fazendo bullying e não falou nada, não é? Esse filme mostra muito bem o que as pessoas viam que aconteciam ao redor de Jessica e simplesmente ignoravam, fingiam que nada estava acontecendo!

Avery foi a primeira personagem que eu odiei e senti pena ao mesmo tempo. No final do filme conseguimos compreender os verdadeiros motivos pelo qual ela assediava Jessica. E gente, é horrível!!

Apesar do filme ser bem pesado, eu acho que deveria ser passado em todas as escolas para as pessoas finalmente se tocarem de que bullying não é uma "piadinha" que uma pessoa não aguenta, isso é coisa séria e tem que acabar!



Bom, é isso. Não foi uma resenha leve mas como eu falei anteriormente, esse assunto precisa ser abordado. Se tiverem a oportunidade, assistam esse filme!

Informações adicionais:

Avaliação: 5/5
Dirigido por: Amy S.Weber
Onde encontrar: Netflix (provavelmente tem em outros sites)
Duração: 1h e 31min

-Stephanie

7 comentários:

  1. É, realmente, não é aquele tipo de filme clichê que dá uma reviravolta na vida da vítima. Vai além, traz reflexão de uma forma brutal - porque só assim esse assunto consegue a atenção das pessoas. E, é isso aí.. prepare-se para chorar "pakas". Enfim, gostei da resenha! P.S.: TODAS AS ESCOLAS deveriam reproduzir esse filme e discutir de maneira incisiva sobre esse assunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é um filme que te deixa emocionado de uma maneira inexplicável, você não sabe se chora de raiva ou de tristeza...
      Muito obrigada!! :)

      Excluir
  2. Na vdd, isso acontece em muitas escolas nos Estados Unidos. Mais nunca o problema é resolvido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, na maioria das vezes eles só conversam com as pessoas que estão relacionadas, mas nunca tomam uma atitude real!

      Excluir
  3. Quando falaram para eu ver esse filme achava q era algo relacionado a LGBT, mas ai lembrei q em ingles o "like" tem dois significados, "gostar" e "igual" kkskskskskksks
    Bom e isso, eu queria saber se isso so aconteceu comigo quando falaram do titulo ou eu foi a unica?
    Ps:Achei o filme otimo, acho q tds devemos assistir e discutir sobre o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Então, no começo eu também não tinha entendido hahaha mas seria o seguinte. A Audrey é uma garota como a Jessica, apesar de a Jessica não ser popular nem nada, a Audrey é uma garota como ela, uma menina que vai a escola, tem amigos. Seria mais ou menos isso haha, espero ter ajudado! ;)

      Excluir